Notícias locais

23 de julho de 2018

Vendas do comércio varejista na região têm alta de 11,4% em abril


O faturamento real do comércio varejista da região metropolitana do Vale do Paraíba foi de R$2,6 bilhões no quarto mês do ano. Isso representa um crescimento de 11,4% em relação ao mesmo período do ano passado. É a maior cifra registrada para o mês desde 2008 e R$265 milhões acima do apurado em 2017. No acumulado do quadrimestre, a receita do setor registrou alta de 9,4% e, na soma dos últimos 12 meses, de 9%.

Os dados recebidos pelo Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e região) são da Pesquisa Conjuntural do Comércio Varejista do Estado de São Paulo (PCCV), realizada mensalmente pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), com base em informações da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo (Sefaz-SP).

Entre as nove atividades analisadas, oito tiveram crescimento nas vendas em comparativo a abril do ano passado, com destaque parao itens “outras atividades” (28,5%); “concessionárias de veículos” (19,8%); e “materiais de construção” (18,8%). Somadas, eles contribuíram com 10,5 pontos porcentuais (p.p.) para o desempenho geral.

Por outro lado, nos setores de lojas de vestuário, tecidos e calçados houve queda de 5,4%, e de eletrodomésticos, eletrônicos e lojas de departamentos as vendas diminuíram 1,3% no mesmo período, impactando em -0,5 p.p. o resultado do mês.

Para o presidente do Sincovat, Dan Guinsburg, o bom momento do varejo até abril é explicado pela continuidade da tendência positiva das três principais variáveis determinantes do consumo: a inflação, o emprego e o crédito. Isso contribuiu para equilibrar os níveis de confiança das famílias e das empresas. Entretanto, essa melhoria deve ser observada com maior atenção a partir de maio, quando os impactos da paralisação dos caminhoneiros refletiram de maneira sensível na percepção dos consumidores em função das altas nos preços de vários itens essenciais.

Desempenho estadual

As vendas do comércio varejista no Estado de São Paulo atingiram R$ 52,9 bilhões em abril, alta real de 7,3% em relação ao mesmo período do ano passado. É a maior cifra registrada para um mês de abril desde 2008 e R$ 3,5 bilhões acima do apurado em 2017. Com esse resultado, o faturamento real do setor acumulou altas de 6,8% no ano e de 5,5% nos últimos 12 meses.

Voltar para Notícias