Notícias locais

28 de fevereiro de 2018

Páscoa movimento o comércio da região


Levantamento do Sincovat mostra que período de Quaresma aquece vendas de peixes e chocolates

Os comerciantes dos setores de peixes já registram um movimento maior nas bancas. Segundo um levantamento do Sincovat (Sindicato do Comércio Varejista de Taubaté e região), durante o período da Quaresma, uma tradição católica, as vendas devem crescer entre 30 e 40%, e na Semana Santa, entre os dias 25 e 31 de março, a expectativa é de 60% a mais na procura dos pescados

No Mercado Municipal de Taubaté, os peixes mais procurados são a sardinha,em razão do preço, que pode ser encontradas por até R$12,00 o quilo, seguida pelo cação, filé de abadejo e a tainha.

Já nos supermercados, a procura maior é pelo tradicional bacalhau. A expectativa é que as vendas aumentem até 20%, com relação a Quaresma de 2017.

Ovos de Páscoa 

O coelhinho da Páscoa deverá passar na casa de mais famílias neste ano. Segundo a  Associação Paulista de Supermercados (APAS), com a retomada do crescimento da economia, os consumidores devem voltar a procurar produtos tradicionais deste período.

A expectativa é que as vendas dos Ovos de Páscoa cresçam entre 4% e 5%. Já com relação aos preços, o aumento deve girar em torno de 3% quando comparados com o ano passado.

O consumo de chocolates em geral (caixas de bombons, barras, chocolate em pó, etc.) também aumenta nessa época. O crescimento com relação a 2017 deve ser de  3%. Os doces, no acumulado de 2017, apresentaram deflação no preço de – 0,84%.

Para o presidente do Sincovat, Dan Guinsburg, a Páscoa é considerada importante para o varejo. “É um período que ultrapassa a barreira do chocolate. Além dos supermercados, os shoppings, livrarias, lojas de brinquedos e até a indústria de per­­fumes já enxergam a data co­­mo uma oportunidade importante para aumentar o faturamento e hoje investem em promoções e lançamentos de produtos”, explica.

Assessoria de Comunicação

Sincovat – 3632-6570 – ramal 5

Voltar para Notícias