Notícias locais

6 de novembro de 2018

Mulheres são donas de 60% dos e-commerces em São Paulo, diz pesquisa


Segundo levantamento da Loja Integrada, em 2017 foram criadas mais de 52 mil lojas virtuais em todo estado

De acordo com um levantamento realizado pela Loja Integrada– plataforma para a criação de lojas virtuais mais popular do país com 700 mil lojas criadas –, o número de lojas virtuais comandadas por mulheres cresce a cada ano em São Paulo e elas já são responsáveis por 60% dos e-commerces no estado. Ainda segundo os dados, só em 2017 os lojistas paulistas faturaram mais de R$ 148 milhões em vendas – crescimento de 94% na comparação com 2016.

 O estudo revela que o segmento que mais se destacou no comércio eletrônico em São Paulo foi o de Moda e Acessórios, com um faturamento de mais de R$ 28 milhões. Outros segmentos que também apresentaram bons resultados foram os de Cosméticos e Perfumaria e Casa e Decoração. A Loja Integrada também divulgou a expectativa de vendas dos pequenos e médios e-commerces durante a Black Friday. “Na última Black Friday, as vendas de PMEs online cresceram 32%e devem subir ainda mais em 2018 – a expectativa é um aumento de 35%”, informa Julia Mariá, especialista em comércio eletrônico da Loja Integrada.

 Segundo Júlia, o comércio eletrônico vive um ótimo momento no Brasil e a expectativa é que o faturamento seja de R$ 2,87 bilhões na Black Friday, –  previsão da ABComm. Para a especialista, as mulheres têm papel fundamental no crescimento da economia e não é diferente no e-commerce. “As mulheres estão se destacando em diversos setores, inclusive, no comércio eletrônico – área em que o número de empreendedoras cresce a cada ano. Os números mostram que as mulheres já são responsáveis por 35% das lojas virtuais em todo o Brasil, já em São Paulo, elas são maioria no mercado”, explica.

Voltar para Notícias